Com uma diferença de apenas dois votos, a equipe da Guiana superou a equipe do México e venceu a edição 2016 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e). O resultado foi conhecido na manhã deste sábado (29), em Sessão Plenária presidida pelo desembargador Fernando Rios Neto, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª Região e professor da Dom Helder.

“A equipe do México foi impecável, está de parabéns pela argumentação, pela pesquisa. A equipe da Guiana também foi muito boa, e conseguiu superar as dificuldades no decorrer da atividade, defendendo uma tese mais difícil, reformista profunda. Venceram porque tiveram esta capacidade”, avaliou o professor Fernando Rios.

Confira a notícia completa!