Rômulo Ávila
Repórter Dom Total

Como a reforma trabalhista impactará na situação das mulheres grávidas e lactantes? Para a professora do mestrado e do doutorado da PUC Minas, Maria Cecília Máximo, a nova legislação traz uma falsa ampliação da liberdade da mulher.

Maria participou na noite dessa terça-feira do painel III – Reforma Trabalhista: Perspectivas e Impactos Jurídicos da Lei 13.467/17, no encerramento do congresso da Dom Helder Escola de Direito.

A professora lembrou que a partir do dia 11 de novembro, dia em que a reforma entrará em vigor, gestantes e lactantes poderão trabalhar em grau médio ou mínimo de insalubridade. O afastamento ocorrerá apenas se a trabalhadora apresentar atestado de saúde, alegando a inviabilidade de continuidade das atividades profissionais.

Clique aqui, confira a matéria completa e o álbum de fotos!

Fotos: Patrícia Almada / DomTotal