Os monitores acadêmicos reuniram-se, na última sexta-feira (1º), para apresentar os relatórios comparativos e avaliar os resultados do semestre. Os encontros foram realizados na Sala do Conhecimento, às 11h20 e às 17h, sob a coordenação do Núcleo de Ensino Personalizado (NEP). A programação contou também com uma atividade em grupo, que discutiu o futuro da prática da Pedagogia Inaciana na Dom Helder, e reflexões sobre a Nova Metodologia, em processo de implantação.
 
“Avalio de maneira muito positiva os trabalhos da monitoria desenvolvidos neste semestre. Parabenizo todos os monitores e ressalto a competência e a ética desses discentes no trato com as atividades desenvolvidas. Parabenizo de maneira especial os monitores formandos do 10º período, os discentes Diego Claret e Thaís Guimarães, desejando sucesso”, afirmou o professor Rogério Vieira, coordenador do NEP e da Monitoria Acadêmica.
 
O professor Estêvão D’Ávila, vice-reitor da Dom Helder, e a professora Anacélia Santos Rocha, pró-reitora de Ensino, também participaram das reuniões. Para o professor Estêvão, a Monitoria é uma atividade essencial, uma vez que busca contribuir e auxiliar o máximo no desenvolvimento do ensino-aprendizagem do corpo discente, seguindo as orientações do Projeto Pedagógico Institucional da Escola, que é a Pedagogia Inaciana.
 
“Este modelo de pedagogia propõe um sistema de diretrizes educacionais, desenvolvido pelas instituições jesuítas e fundamentado em uma prática de mais de quinhentos anos de história e tradição. Na Dom Helder, a Pedagogia Inaciana é proposta como estratégia, para que nosso aluno possa alcançar a excelência acadêmica”, explicou Estêvão.
 
O professor destacou ainda alguns benefícios da atividade, como a efetivação de metodologias e a prática do ensino personalizado, especialmente, por meio da organização e funcionamento de grupos de estudo dirigidos por docentes. 
 
“A Monitoria auxilia os professores e alunos nas questões práticas, didáticas e rotineiras dos procedimentos de ensino e avaliações da aprendizagem. Promove a interlocução entre os diversos sujeitos da Comunidade Acadêmica e está presente nos Procedimentos Avaliativos Institucionais relativos ao desempenho dos discentes nas aulas e demais atividades. E, como fechamento de todo o processo, propõe ações visando a busca permanente de qualificação do ensino-aprendizagem”, completou Estêvão.
 
Confira abaixo fotos das reuniões: