Como vencedores da edição de 2017 do Tribunal Internacional Estudantil (TRI-e), os integrantes da equipe da Argélia visitaram, no último mês, a Corte Internacional de Justiça, em Haia, na Holanda. A equipe é formada pelos acadêmicos de Direito da Dom Helder Augusto Jesus e Ana Clara Fernandes e pelas alunas Camila Loureiro, Laís Bitencourt e Luíza Belém, que cursam o ensino médio no Colégio Santo Agostinho (Contagem).

A estudante Carolinne Ferreira, do 5º período da Dom Helder, foi sorteada no dia da plenária final do TRI-e 2017 e também participou da viagem. Os professores Márcio Luís de Oliveira e Lorena Machado Rogedo Bastianetto acompanharam os alunos e prestaram as devidas orientações. Na visita à Corte, o grupo foi recebido pelo juiz Antônio Augusto Cançado Trindade, patrono do TRI-e.

“Sempre amistoso, o juiz Antônio Augusto nos mostrou diversas salas e corredores do Palácio da Paz. Fomos à sala de deliberações, onde disputas diplomáticas são previamente lidadas pelos juízes, ao salão principal da Corte, ao seu gabinete e outras câmaras, como as destinadas à Corte Permanente de Arbitragem e ao Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugoslávia”, conta Augusto.

Confira a notícia completa e o álbum de fotos!