O filme foi escolhido pelos orientadores Claudia Madrona e Adair Rocha
Por Larissa Troian

“Se nesse momento eu posso escrever esse texto aqui, eu devo isso à Alan Turing. E se você, da mesma forma, pode lê-lo agora, também deve isso à ele. Em poucas palavras: se eu, você e milhões de pessoas ao redor do mundo se manifestam diariamente na internet, é graças à esse britânico e à sua “pequena” criação: uma coisa muito complexa chamada algoritmo, base da computação atual".

Foi com esse pensamento que o professor Adair iniciou mais um  "Direito e Cinema" na tarde desta sexta-feira (15). O filme da vez foi "O Jogo da Imitação", escolhido por ele e Cláudia Madrona.

Na trama, Alan Turing, interpretado por Benedict Cumberbatch, é um matemático de 27 anos que torna sua inteligência e persistência decisivas para a derrota do nazismo e precursão dos computadores e da inteligência artificial. 

A professora Claudia iniciou a sessão dando as boas vindas aos alunos: “É com muito prazer que estamos novamente aqui com vocês. O Adair e eu somos incansáveis pelo desejo de estar com vocês. Todos os semestres nós pensamos em quais serão as atividades que nós vamos organizar para estar com nossos queridos alunos. Todos os semestres nós fazemos muitas coisas, pois temos como meta que a cada semestre vocês possam melhorar o aprendizado”.

Os alunos receberam pipoca e refrigerante no início da sessão. O evento valeu 3h de atividades complementares ao estudante que assistiu ao filme, e 4h ao estudante que, depois do filme, participou do debate.

Sinopse

Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta.

Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora.
Os alunos ganharam pipoca e refrigerante no início da sessão
Os alunos ganharam pipoca e refrigerante no início da sessão
Auditório cheio para
Auditório cheio para "O Jogo da Imitação"
Os professores Claudia Madrona e Adair Rocha iniciaram a sessão agradecendo a presença dos alunos
Os professores Claudia Madrona e Adair Rocha iniciaram a sessão agradecendo a presença dos alunos