Em tempos de crise ambiental, Brasil e México podem compartilhar informações e aprender com os desafios comuns? A pesquisadora Tania García López, da Universidade Veracruzana (UV), no México, acredita que sim. Especialista em Direito Ambiental, Tania estará em Belo Horizonte nesta terça e quarta-feira (21 e 22), para seminário na Dom Helder Escola de Direito. O evento, voltado para os alunos do mestrado e doutorado, integra os esforços da instituição para promover a internacionalização dos cursos e o intercâmbio de conhecimento.

”Brasil e México compartilham desafios comuns na área ambiental. Ambos os países estão entre os que possuem a maior biodiversidade do mundo; ambos têm um enorme capital natural e, ao mesmo tempo, enfrentam desafios sociais e econômicos muito importantes para conseguir um desenvolvimento sustentável”, avalia Tania. Durante o seminário, a pesquisadora abordará a situação e a importância do Direito Ambiental em tempos de crise. Para ela, um dos principais desafios diz respeito às leis ambientais da atualidade, que causam incerteza jurídica para os cidadãos devido à excessiva participação e regulação de competências entre os três níveis de governo.

Confira a entrevista completa!