Tendo em vista o sucesso das gravações do programa Pensamento Jurídico entre os alunos, o professor Luiz Chaves, coordenador do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), intensificou as participações abordando temas relacionados à área jurídica.

Somente nos últimos dias de setembro foram feitas quatro gravações, que discutiram os seguintes assuntos: crimes contra crianças e adolescentes, os 29 anos do Código de Defesa do Consumir, os efeitos dos mutirões jurídicos realizados pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) e a importância da Vara Especializada em Crimes contra Crianças e Adolescentes (VECCA).

O Pensamento Jurídico é produzido pela TV da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), com horários de exibição na TV Justiça e TVCBH. Os programas também são disponibilizados no site da Amagis e no Youtube.

Confira abaixo depoimentos de alunas que participaram das gravações:

A experiência de gravar para a TV Amagis foi muito importante para pesquisar e conhecer um tema tão importante e até então desconhecido por muitas pessoas. As salas da Vara Especializas em Crimes Contra Crianças e Adolescentes (VECCA) são salas especializadas que contam com o auxílio de um psicólogo para auxiliar e conduzir a interrogação da melhor forma possível para a vítima. É um grande avanço e um contato muito mais humano de um tema muito delicado.” – Renata Cabral Papini.

“É um imenso prazer participar do programa Pensamento Jurídico da TV Amagis. É uma ótima oportunidade de esclarecer assuntos jurídicos, desenvolver a oratória e o controle da ansiedade, que são ferramentas de suma importância para o estudante de direito. Também ajuda a ampliar o senso crítico sobre o tema.” – Larissa Martins  Alves dos Santos.

“Foi uma experiência enriquecedora participar da gravação com a TV Amagis, por se tratar de uma maneira de adquirir conhecimento através de pesquisas e elaborações de perguntas sobre o tema proposto.” – Patrícia Alves.