Com o objetivo de trabalhar a questão da moral e do sentimento de culpa, a Escola Superior Dom Helder Câmara exibiu, na tarde desta sexta-feira (2), o filme “Match Point”, do cineasta Woody Allen. O filme faz parte do projeto Direito e Cinema e teve participação do professor de filosofia Émilien Vilas Boas Reis.

O professor conversou com os alunos sobre aspectos do filme e conduziu um debate. Émilien explicou que o filme tem referências de ‘Macbeth’, de Shakespeare, ‘Crime e Castigo’ (maior referência) e ‘Os Irmãos Karamazov’, de Dostoiévski.

O professor ressaltou que a obra possui violência implícita, porém brutal. Para Woody Allen a sociedade vive em um universo sem sentido. O mundo é uma experiência terrível e sem esperança. Mesmo assim, as pessoas devem encontrar uma maneira decente de viver com moral. “No fundo, a mensagem que o Woody Allen nos repassa é que as más ações não são punidas. O cineasta parte da premissa de que o mundo não é um lugar justo”.

Émilien contou também que as relações que o diretor faz com Dostoiévski em ‘Crime e Castigo’ são sobre a culpa ser anterior ao fato, pois busca-se justificativas internas para lidar com este sentimento.
Alunos esperando a sessão começar
Alunos esperando a sessão começar
Pipoca e refrigerante foram distribuídos para os alunos
Pipoca e refrigerante foram distribuídos para os alunos
Alunos esperando a sessão começar
Alunos esperando a sessão começar
As orientações inciais foram passadas pela professora Camila Martins de Oliveira
As orientações inciais foram passadas pela professora Camila Martins de Oliveira
Professor Émilien contextualiza o filme com os alunos
Professor Émilien contextualiza o filme com os alunos
Professor Émilien contextualiza o filme com os alunos
Professor Émilien contextualiza o filme com os alunos
Professor Émilien contextualiza o filme com os alunos
Professor Émilien contextualiza o filme com os alunos