Alunos participam de simulação do Conselho Europeu

A Delegação da União Europeia do Brasil promoveu, pela primeira vez, uma Simulação do Conselho Europeu com o apoio do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). O evento foi realizado de 7 a 9 de novembro, em Brasília, e discutiu o tema ‘Migração’.

A Dom Helder foi representada pelos alunos Bernardo Leal, da graduação, e Naiara Carolina Fernandes de Mendonça, do mestrado. Eles representaram o país da Bulgária e foram proativos nas negociações políticas em favor da recepção de pessoas em países desenvolvidos.

Simulação

A solenidade de abertura teve a presença da ministra Claudia Gintersdorfer, encarregada de negócios da União Europeia no Brasil; do embaixador Paulo Roberto de Almeida, do Ministério das Relações Exteriores; do reitor do UniCEUB, Getúlio Américo Lopes, e do coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado do UniCEUB, Marcelo Dias Varella.

Durante a competição, 60 estudantes de graduação e pós-graduação de 17 universidades brasileiras ilustraram as posições dos 28 países da União Europeia, do Conselho Europeu e da Comissão Europeia para tentar chegar a um acordo sobre migração. “A simulação é uma das maneiras mais eficazes de ilustrarmos como funcionam as instituições da União Europeia, além de criar uma rede de ‘embaixadores da EU’ entre estudantes e professores brasileiros”, afirma Antonella Cerasino, chefe do projeto de diplomacia publica da União Europeia na América Latina.

Os estudantes trabalharam com base em uma metodologia e caso preparado por Alexandru Balas, professor assistente de estudos internacionais na SUNY Cortland. Ele também coordena o Programa de Estudos Internacionais e diretor do Clark Center for Global Engagement, da SUNY Cortland nos Estados Unidos. Balas esteve presente na simulação em Brasília e acompanhou os participantes.