Pular para o conteúdo

III Congresso conta com palestras sobre saúde




Nesta quinta-feira (22), completando o terceiro dia do III Congresso do Conhecimento, a Dra. Luana Araújo, médica infectologista, foi convidada para a conferência “Saúde e bem-estar no século 21”, sob a mediação da professora Ana Virgínia Gabrich, da Dom Helder.

Na apresentação, a doutora explicou que saúde é o estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas como a ausência de doença ou enfermidade. Para prepararmos para as áreas problemáticas para o futuro, devemos abordar já agora questões como saúde reprodutiva e do envelhecimento, economia e proteção social, e One Health

Luana também trouxe para debate a questão “Como reconciliar cuidado médico e saúde pública?”. A chave desta pergunta é informação e atenção primária. O destaque da discussão foi para a saúde pública de precisão, que conta com a intervenção correta no momento adequado, sempre que for importante, para a população necessitada, de forma sustentável e custo-efetiva. 

A doutora disse: “O Congresso é fundamental para quem está se formando, inclusive na vida. Não é só uma formação profissional, acadêmica, mas também uma formação de valores, que nos ajuda a moldar para trabalharmos juntos, com objetivo de de ter uma vida melhor, mais saudável, mais justa e mais igualitária para todos”. Na sua primeira vinda à Dom Helder, contou que ficou encantada, pois é uma entusiasta por investimentos em educação. “Me faz muito bem saber que as pessoas têm acesso a esse tipo de estrutura e de pensamento, porque trazer alguém da saúde para conversar com pessoas que não são da saúde é fundamental”, completou. 

Em seguida, o painel “Educação, saúde e bem-estar: técnicas para um novo estilo de vida” contou com os convidados Rachel Bacha, Dra. Lívia Salomé de Oliveira e o Dr. Júlio César Menezes, sob a mediação da professora Camila Martins. 

Rachel é nutricionista, especialista em Doenças crônicas não transmissíveis, e apresentou sobre o tema “Consciência: a chave para a nutrição do corpo e da mente”. Ela falou sobre mindfulness, práticas meditativas, como a mudança acontece depois dessas práticas, e a união da prática e da ciência. 

A doutora Lívia é especialista em Clínica Médica e contou sobre “Medicina do estilo de vida”. Ela apresentou uma breve história e os seis pilares sobre o tema, que são: manejo do estresse, relacionamentos saudáveis, nutrição, exercício físico, sono reparador e evitar substâncias de abuso. Também falou sobre saúde pós-pandemia, como essa medicina pode atuar no pós-Covid e a medicina do futuro. Para isso, trouxe uma frase reflexiva de Thomas Edison: “O médico do futuro não prescreverá medicamentos, mas instruirá os pacientes sobre os cuidados com o corpo, sobre a dieta e sobre a causa e prevenção de doenças”.

Por fim, o convidado Júlio, doutorando em Medicamentos e Assistência Farmacêutica, apontou o tema “Ansiedade: quando se transforma em doença?”. Nele, disse sobre a ansiedade na vida acadêmica, o perigo da preocupação excessiva e a prevalência e as manifestações dos transtornos de ansiedade. 

Confira a programação completa desta quinta-feira aqui.

QUER CONHECER A DOM HELDER E A EMGE MAIS DE PERTO?

Estamos de portas abertas pra você!

Agende uma visita Tour Virtual

© 2022 Escola Superior Dom Helder Câmara - Todos os direitos reservados - By: Renato Ferraz