Pular para o conteúdo
h2 class="titulo-posts">Categoria: Extensão


Curso Agir Socioambiental: a importância do conhecimento

O Movimento Ecos, desde o seu surgimento, busca proporcionar conhecimentos práticos, de modo que as pessoas envolvidas nos projetos sejam capazes de transformar o meio ambiente que estão inseridas.

Dentro dessa perspectiva, os projetos socioambientais sempre foram articulados dentro das escolas para ampliação do conhecimento e efetiva realização de ações para redução do consumo de água, de energia, diminuição da produção de lixo, reciclagem, desenvolvimento de hortas orgânicas e áreas verdes, dentre tantos outros.

Com a pandemia e o isolamento social o Ecos precisou reinventar-se e manter vivas as formas de atuação em prol do social e do ambiental.

Movimento Ecos realiza Cerimônia de Premiação

Está chegando ao fim a edição 2021 do Movimento Ecos. Neste sábado (27), será realizada a cerimônia de premiação do 2º Concurso “Grafar-Ecos” e 2º Concurso “Redige-Ecos”, da Campanha Agir Socioambiental. O evento contará com a participação dos reitores da Dom Helder, Paulo Umberto Stumpf SJ, e da EMGE, Franclim Brito, representantes da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEEMG) e de professores das escolas parceiras.

Durante o ano, os estudantes das escolas parceiras do Movimento Ecos puderam aprofundar seus conhecimentos sobre meio ambiente por meio de três projetos, ainda remotos: Campanha Agir Socioambiental (curso), 2º Concurso “Grafar-Ecos” (pesquisa) e 2º Concurso “Redige-Ecos” (redação). O objetivo do Movimento foi fomentar ações socioambientais que pudessem ser desenvolvidas pelos professores, alunos e familiares nas suas próprias residências ou nas comunidades onde estão inseridos.

Os melhores trabalhos receberão prêmios como smartphones, smartwacthes, caixas de música portátil, kits de higiene para a escola, kits influenciador digital e bolsas de estudos de até 100% os cursos de Engenharia Civil e Ciência da Computação da EMGE e para o curso de Direito da Dom Helder.

A live será transmitida ao vivo pelo canal de YouTube do Movimento Ecos, a partir das 10h. Não perca!

Live apresenta desafios para os múltiplos usos da água

O Movimento Ecos, promovido pela Dom Helder e EMGE, realizou nesta terça-feira (23) a última live da Campanha Agir Socioambiental 2021 com o tema “Segurança Hídrica”. A conversa foi mediada pelo professor José Cláudio Junqueira, e transmitida ao vivo pelo canal de YouTube do projeto.

Iniciando o debate, o professor José Cláudio explicou a expressão “segurança hídrica”. O conceito foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para ressaltar a necessidade do suporte ao consumo da água em quantidade e qualidade a toda a população mundial. “Isso está muito longe da nossa realidade, não só do planeta, em que nós temos 2 bilhões de pessoas sem acesso a água, mas também em nível nacional em que, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), temos quase 40 milhões de pessoas sem acesso a água”, destacou o docente.

Desafio Dom Helder e EMGE apresenta seus ganhadores

Uma atividade inspiradora que mobilizou os estudantes para disseminar informações sobre acessibilidade e diversidade social. Este foi o propósito do Desafio Dom Helder e EMGE, que nesta sexta-feira (19) revelou a equipe campeã do projeto durante a live “Desafio Dom Helder e EMGE: Olhares sobre o Desafio e protagonismo discente”. A transmissão, realizada pelos canais de YouTube das escolas, contou com uma tradutora de libras em tempo real, Fabiana Moreira, para garantir o acesso a todos.

Iniciando a roda de conversa, o reitor da Dom Helder, Paulo Umberto Stumpf SJ, elogiou o projeto e destacou os desafios enfrentados durante a pandemia. “O título do projeto é muito oportuno, não só para a área de ciências sociais, como também manifesta uma urgência para nós. Se neste tempo está muito difícil avançar na conquista de novos direitos, talvez o grande mérito e o grande desafio para todos nós é o de resistir mantendo os direitos já conquistados”, disse o reitor.

Em sequência, o coordenador do Desafio, Luan de Amorim Moreira, convidou as professores da Dom Helder, Mariza Rios, Maria Carolina Reis e Helen Almeida, e da EMGE, Cristiano Lacerda e Renata Santana, para compor a roda de conversa. Abordando um assunto que gera dúvidas, a docente Helen Almeida discursou sobre o lugar de fala das pessoas sobre acessibilidade e diversidade social.

“Temos que entender que há pessoas que vão falar sobre suas experiências sobre o racismo e a falta de acessibilidade. Entretanto, ainda que eu não seja uma pessoa preta ou portadora de alguma deficiência, eu posso exercer o meu lugar de fala, a partir de uma postura respeitosa, com base em estudos. Eu preciso expandir o olhar e reconhecer que eu não faço parte dessa realidade sob aquele olhar de quem é atingido diretamente e cotidianamente por esses problemas que tangenciam o racismo e ausência de acessibilidade. Mas ainda assim, eu posso e devo tratar dessas questões e construir medidas e soluções”, destacou a professora. 

Durante a live, assuntos ligados à pandemia foram colocados em pauta, ressaltando o desafio do ser humano de ficar privado do convívio social e como isso afetou o desenvolvimento acessível e diverso da sociedade. Em sua fala, Cristiano Lacerda destacou o uso da tecnologia para a inclusão social dentro dos cursos. “Nós possuímos várias disciplinas transversais em que discutimos como entregar e desenvolver tecnologia acessível”, disse o professor ainda parabenizando os estudantes pelo protagonismo desenvolvido.

O desafio

A atividade  consistiu na criação e manutenção de um perfil no Instagram que divulgasse e engajasse as pessoas por meio de publicações informativas com o objetivo de problematizar e engajar em relação aos temas acessibilidade e/ou diversidade racial. Os estudantes participaram em equipes de 3 a 5 alunos e tiveram 10 dias para trabalhar no projeto.

Dando voz à diversidade racial, a equipe ganhadora foi a “Fala Raça” (@fala.raca), composta pelos alunos Thalles Gabriel de Oliveira, Pedro Gusmão de Morais, Gabriel Vicente Parreira, Arthur Xavier e Marcus Vinícius Santos. Os estudantes se destacaram com um conteúdo informativo e diverso que consistiu em conteúdos informativos e de entretenimento, como um mural de notícias e uma playlist musical.

Em segundo e terceiro lugar ficaram as equipes “Guia da Acessibilidade” (@guiadaacessibilidade) e “Tecnologia para Todos” (@tecno_paratodos), que fizeram publicações relacionadas à acessibilidade em todos os campos da sociedade, bem como o uso da tecnologia a favor das pessoas com deficiência.

Movimento Ecos realiza live sobre segurança hídrica

O Movimento Ecos, promovido pela Dom Helder e EMGE, realizará na próxima terça-feira (23), a última live da Campanha Agir Socioambiental 2021. O tema “Segurança Hídrica” será debatido pelos convidados Heitor Soares Moreira, engenheiro ambiental, Juliana do Nascimento Dias, graduada em Gestão de Projetos e especialista em educação ambiental, e Gildazio Santos, mestrando em Direito Ambiental  e articulador do Movimento Nacional de Direitos Humanos em Minas Gerais, juntamente com o mediador professor José Cláudio Junqueira, coordenador técnico do movimento.

A live será transmitida pelo canal de YouTube do Movimento Ecos a partir das 16h. As lives e módulos do curso valerão 15 horas de atividades complementares na área de Extensão para aqueles que fizerem o curso completo pela plataforma do Movimento Ecos.

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR A LIVE

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CURSO

II Congresso Mundial: confira a programação e inscreva-se

A Dom Helder, em parceria com 30 instituições internacionais, realizará o “II Congresso Mundial: Análise contemporânea e interdisciplinar dos Direitos Fundamentais” dos dias 22 a 29 de novembro. O evento será online e transmitido ao vivo pelo YouTube da Escola. 

O objetivo do congresso é realizar uma discussão interdisciplinar acerca dos Direitos Fundamentais, sob o enfoque do Direito Digital e das políticas públicas. O evento é a consolidação da parceria de pesquisa realizada através de projeto vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Direito da Dom Helder, ao Grupo de Pesquisa Responsabilidade Civil e Processo Ambiental (RECIPRO), à Escuela Interdisciplinar de Derechos Fundamentales Praeeminentia Iustitia e à RED de Derecho América Latina y el Caribe (REDALC).

Clique aqui e confira a programação completa.

Os interessados podem se inscrever pelo Sympla

NEP realiza nova edição de “Estudante em Cena”

O Núcleo de Ensino Personalizado (NEP), realizará, no dia 27 de novembro, uma nova edição do projeto do Acadêmico Nota 100, o Estudante em Cena. A atividade será orientada pelos professores Adair Rocha e Cláudia Madrona.

O “Estudante em Cena” quer colocar em cena os melhores estudantes da Dom Helder para que eles revelem os seus processos de aprendizagem e a busca contínua por conhecimento. 

Como o bom estudante aprende? Quais são as técnicas e recursos que ele utiliza? Quais são as estratégias que usa para obter e manter um ótimo desempenho acadêmico? Quais são os seus objetivos? Quais são as suas metas? Como lidam com as dificuldades acadêmicas? Como lidam com a gestão do tempo para os desafios acadêmicos? 

A dinâmica do evento consiste em dois momentos: em um primeiro momento é realizada uma entrevista com dois estudantes e no segundo momento é aberto à participação de todos os alunos que poderão realizar as perguntas focadas em obter as informações sobre como podemos aprender e consolidar novos caminhos para o aprendizado. 

ATIVIDADE DO NEP: “Estudante em Cena”

PROFESSORES: Adair Rocha e Cláudia Madrona

DATA: 27 de Novembro

HORÁRIO: das 10h às 11h30

INSCRIÇÕES: 150 estudantes 

PARTICIPANTES: Estudantes do 1º ao 10º períodos

VALIDAÇÃO: 5 horas de atividades complementares na área de Ensino

INVESTIMENTO: Gratuito 

LOCAL: Espaço de trabalho Teams. 

INSCRIÇÕES: Portal Educacional (Fluig)

Inscreva-se até o dia 26 de novembro, às 12h.

Dom Helder e MPMG realizam evento sobre riscos ambientais

A Dom Helder e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) realizarão, de 24 a 26 de novembro, a “Conferência sobre Emergência e Riscos Ambientais” com a participação dos reitores da Dom Helder, Paulo Umberto Stumpf SJ, e da EMGE, Franclim Brito. O evento será transmitido ao vivo pela Plataforma Zoom e pelo YouTube do MPMG.

O seminário tem o objetivo de aprofundar os debates sobre os riscos ambientais e buscar ações palpáveis de serem executadas, além de discutir o papel dos atores públicos e privados na adoção de medidas de prevenção e reparação de crises. O evento terá exposições e debates com autoridades nacionais e internacionais, que pretendem desenvolver uma visão holística e integrada do assunto.

Também participarão da conferência os professores da Dom Helder Beatriz Souza Costa, pró-reitora de Pesquisa, Sebastien Kiwonghi Bizawu, pró-reitor de Internacionalização, Magno Federici Gomes, coordenador do Programa de Pós-Graduação, José Adércio Leite Sampaio, Luiz Gustavo Ribeiro, entre outros.

As inscrições podem já podem ser realizadas. Para obtenção do certificado é necessário assistir a 75% dos painéis pelo Zoom.

Clique aqui e confira a programação

Click here and check the schedule

Últimos dias para se inscrever na Pós-Graduação

Com temática atual e de grande relevância no mundo jurídico, a pós-graduação da Dom Helder abre inscrições para o Mestrado e Doutorado em Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, com ingresso para o primeiro semestre de 2022. Os cursos possuem duas linhas de pesquisa: “Democracia, Direitos Humanos e Sustentabilidade” e “Políticas Públicas, Globalização e Desenvolvimento Sustentável”.

Durante a jornada acadêmica, os pós-graduandos têm a oportunidade de discutir assuntos como as mudanças climáticas; impactos ambientais da mineração; Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG, sigla em inglês); gestão de recursos hídricos; agricultura familiar e agronegócio; infraestrutura e energias renováveis; entre outros.

Os interessados podem se inscrever no Mestrado até o dia 29 de novembro. A seleção dos candidatos será feita em três etapas distintas, todas de caráter eliminatório: prova de idiomas, prova dissertativa e entrevista. As provas de idioma e dissertativa serão realizadas no dia 4 de dezembro. Já a etapa de entrevista está prevista para o dia 14 de dezembro. O processo seletivo será totalmente virtual. Os candidatos receberão os links de acesso para cada etapa pelo e-mail cadastrado no momento da inscrição.

Bolsas e convênios

A Dom Helder oferece bolsas de estudos parciais para o curso de Mestrado, mediante a dedicação em atividades acadêmicas. Os benefícios dependem da classificação no processo seletivo e do aproveitamento global obtido durante a graduação, caso o candidato seja egresso da instituição. Há ainda uma categoria voltada para professores e diretores das escolas parceiras do Movimento Ecos. As regras e condições estão detalhadas no edital. Já no Doutorado, há bolsas destinadas aos docentes da Dom Helder. Também existe a possibilidade de desconto para funcionários de entidades conveniadas.

Financiamento

O programa de Pós-Graduação, em parceria com a Intersector – Incentivo à educação e ao empreendedorismo, oferece financiamento do Mestrado parcelado em até 60 vezes e Doutorado em até 72 vezes.

Mestrado

O currículo integral do Mestrado em Direito é estruturado em 36 créditos, distribuídos entre a dissertação, que equivale a 9 créditos, e as disciplinas obrigatórias, básicas e das linhas de pesquisa. Cada disciplina contém três créditos, correspondentes a 45 horas. O discente deve cursar e ser aprovado em duas disciplinas obrigatórias, três básicas, três da linha de pesquisa escolhida e uma da outra linha de pesquisa. O prazo para conclusão do curso é de 24 meses. Confira mais informações:

Edital

Inscrições

Doutorado

O currículo integral do Doutorado em Direito é estruturado em 30 créditos para titulação, sendo 20 créditos em disciplinas, cinco em publicações, dois em seminários, um de qualificação, entre 24 e 36 meses, e dois de defesa de tese, com até 48 meses. Cada disciplina contém três créditos, correspondentes a 45 horas.

As disciplinas exclusivas do Doutorado contêm quatro créditos, correspondentes a 60 horas e são necessárias para a formação. Além disso, é obrigatória a participação em grupos de pesquisa durante todo o curso.

Edital

Inscrições

Revista Veredas do Direito

As temáticas das linhas de pesquisa estão diretamente ligadas à proposta da Revista Veredas do Direito, periódico com Qualis A1 que traz os trabalhos científicos e doutrinários do Programa de Pós-Graduação da Dom Helder, além de estar aberta para publicação de autores de outras instituições.

Mais informações:

Página: Programa de Pós-Graduação em Direito

E-mail: secposgraduacao@domhelder.edu.br

Dom Helder realiza processo seletivo presencial do DI

Após quase dois anos de isolamento social, neste sábado (13), a Dom Helder voltou a receber diversos estudantes para a realização do processo seletivo presencial do curso de Direito Integral, que tem 100% de aprovação do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Logo na entrada, já era possível sentir o entusiasmo, a ansiedade e o sentimento de esperança de todos, embalados pelo som do piano tocado pelo professor Janison Tadeu Neves.

“Estou muito ansiosa para a prova, quero muito passar. Sempre quis fazer Direito e a Dom Helder sempre foi uma referência para mim. Meus professores falavam bastante da qualidade da instituição e que valia muito a pena eu tentar”, contou a estudante Lívia Pinheiro, de 18 anos, que saiu de Sarzedo, localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para prestar o vestibular.

O sentimento era mútuo entre os coordenadores e funcionários da Escola que se empenharam para que este retorno fosse um sucesso. “Estamos ansiosos com a chegada dos novos alunos, tivemos um número interessante de inscritos. Esperamos que no próximo ano as coisas voltem o mais próximo da normalidade”, disse a professora Ana Virgínia Gabrich, do Direito Integral.

A prova teve início às 14h e respeitou todos os protocolos de prevenção à Covid-19. A avaliação realizada pelos candidatos contou com 40 questões objetivas, com grau de dificuldade de médio a difícil, nas áreas de Língua Portuguesa, Literatura, Matemática, Geografia, História e Língua Estrangeira (inglês ou espanhol), e uma redação dissertativa. O processo seletivo ainda tem uma segunda etapa de entrevistas, para os candidatos, que optarem por bolsa de estudo de até 100%, que será realizada presencialmente, mediante agendamento, nos dias 18, 19 e 20 de novembro.

Os estudantes, após a realização da prova, tiveram a oportunidade de conhecer a estrutura da Dom Helder, acompanhados pelos familiares e guiados pelos funcionários da instituição. É importante destacar que a Escola possui uma infraestrutura de ponta adaptada para receber todos os alunos da melhor maneira.

Referência

Quando perguntados o porquê da escolha da Dom Helder para realizar o processo seletivo, os estudantes sempre citavam uma palavra: referência. Com mais de 18 anos de história, a escola é destaque no ensino do Direito em Minas Gerais, com qualidade e excelência herdados da tradição da Rede Jesuíta Internacional.

E a tradição se perpetuou também entre pai e filha, Sr. Murilo Santana, advogado, e Ana Alice Oliveira, estudante do 3º ano do Ensino Médio. “Eu sempre quis fazer Direito e prestar concurso para ser Delegada ou Juíza. Escolhi o processo seletivo da Dom Helder por ser uma escola de muita referência e possuir uma estrutura muito boa”, destacou a jovem que ressaltou a influência da carreira do pai para a escolha do curso superior.

Júlia Araújo, também estudante do 3º ano do Ensino Médio, realizou o vestibular do Direito Integral pela primeira vez e explicou que o curso já era sua escolha há muitos anos. “Sempre tive muita referência boa em relação à Dom Helder, muitas pessoas elogiam a Escola. Há muitos anos eu tinha vontade de fazer o curso de Direito Integral da Escola”, disse a jovem.

Processo Seletivo de Direito

A Dom Helder também está com inscrições abertas para o processo seletivo de Direito, com ingresso no primeiro semestre de 2022. Os interessados em participar podem optar pela redação on-line ou a nota do Enem. Aqueles que já concluíram outra graduação ou iniciaram os estudos podem ingressar pela obtenção de novo título ou pela transferência. Os editais estão disponíveis no site da Escola, bem como os links de inscrição.

Veja também:

QUER CONHECER A DOM HELDER E A EMGE MAIS DE PERTO?

Estamos de portas abertas pra você!

Agende uma visita Tour Virtual

© 2022 Escola Superior Dom Helder Câmara - Todos os direitos reservados - By: Renato Ferraz