Pular para o conteúdo
h2 class="titulo-posts">Categoria: Mestrado


Dom Helder e MPMG realizam evento sobre riscos ambientais

A Dom Helder e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) realizarão, de 24 a 26 de novembro, a “Conferência sobre Emergência e Riscos Ambientais” com a participação dos reitores da Dom Helder, Paulo Umberto Stumpf SJ, e da EMGE, Franclim Brito. O evento será transmitido ao vivo pela Plataforma Zoom e pelo YouTube do MPMG.

O seminário tem o objetivo de aprofundar os debates sobre os riscos ambientais e buscar ações palpáveis de serem executadas, além de discutir o papel dos atores públicos e privados na adoção de medidas de prevenção e reparação de crises. O evento terá exposições e debates com autoridades nacionais e internacionais, que pretendem desenvolver uma visão holística e integrada do assunto.

Também participarão da conferência os professores da Dom Helder Beatriz Souza Costa, pró-reitora de Pesquisa, Sebastien Kiwonghi Bizawu, pró-reitor de Internacionalização, Magno Federici Gomes, coordenador do Programa de Pós-Graduação, José Adércio Leite Sampaio, Luiz Gustavo Ribeiro, entre outros.

As inscrições podem já podem ser realizadas. Para obtenção do certificado é necessário assistir a 75% dos painéis pelo Zoom.

Clique aqui e confira a programação.

Ganhe até 100% de bolsa com o Processo Seletivo de Bolsa Ecos

Estude na Dom Helder e na EMGE com bolsa de estudo de até 100%! Inscrições abertas para o Processo Seletivo de Bolsa Ecos para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito e Engenharia Civil, com ingresso no primeiro semestre de 2022.

Os estudantes das escolas cadastradas no Movimento Ecos 2021 poderão concorrer a bolsas de 20% a 100% mediante contrapartida no projeto. Para participar, os candidatos devem se inscrever na redação on-line ou utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de um dos cursos.

Em seguida, os participantes devem preencher o formulário de inscrição da bolsa. A seleção de candidatos terá como foco competências, habilidades, conhecimentos e atitudes educacionais. É obrigatório anexar o Histórico Escolar de Ensino Médio (no caso de ainda não haver, deverá anexar boletins oficiais, emitido pelo colégio em que cursa ou cursou o Ensino Médio, com todas as notas).

Confira o edital e o formulário de inscrição para o processo seletivo de bolsas do Movimento Ecos.

Veja abaixo mais informações e os editais de cada modalidade:

Redação on-line

O processo seletivo consiste em uma redação com o valor de 0 (zero) a 1000 (mil) pontos. É necessário obter, no mínimo, 350 (trezentos e cinquenta) pontos para ser aprovado. O candidato receberá o resultado do processo seletivo por e-mail ou através da consulta na área do participante em até 48 horas após a realização.

Enem

O candidato indicará o número de sua inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o ano de sua realização (2017, 2018, 2019 ou 2020). O resultado do processo seletivo será enviado por e-mail e divulgado na área do participante.

Processo seletivo Dom Helder

Processo seletivo EMGE

Vale ressaltar que a Dom Helder e a EMGE são instituições de excelência, com conceito máximo no MEC e ensino personalizado. Ambas apostam no ensino digital com flexibilidade e fazem parte da Rede Internacional Jesuíta, que há quase 500 anos investe na inovação e tecnologia, e possui mais de 200 instituições internacionais.

Dom Debate aborda impactos do Rodoanel em BH

Está no ar uma nova edição do Dom Debate no canal de YouTube do programa. O mediador Abraão Gracco conversa sobre os impactos da implementação do Rodoanel Metropolitano com o biólogo Francisco Mourão, da Associação Mineira do Meio Ambiente (AMDA).

A nova rodovia tem o objetivo de minimizar as consequências do tráfego intenso no Anel Rodoviário de Belo Horizonte. De acordo com informações do Governo de Minas, o projeto faz parte do acordo com a Vale para reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Córrego do Feijão, em Brumadinho.

O Rodoanel Metropolitano terá 100 km de extensão e já possui cronograma para implantação. O traçado ainda está em desenvolvimento, e atingirá 10 cidades: Santa Luzia, Betim, Brumadinho, Contagem, Ibirité, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Sabará e Vespasiano.

O Dom Debate é coordenado pelos professores Luiz Chaves e Abraão Gracco, da Dom Helder.

Dom Helder abre inscrições para Pós-Graduação

Com temática atual e de grande relevância no mundo jurídico, a pós-graduação da Dom Helder abre inscrições para o Mestrado e Doutorado em Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, com ingresso para o primeiro semestre de 2022. Os cursos possuem duas linhas de pesquisa: “Democracia, Direitos Humanos e Sustentabilidade” e “Políticas Públicas, Globalização e Desenvolvimento Sustentável”.

Durante a jornada acadêmica, os pós-graduandos têm a oportunidade de discutir assuntos como as mudanças climáticas; impactos ambientais da mineração; Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG, sigla em inglês); gestão de recursos hídricos; agricultura familiar e agronegócio; infraestrutura e energias renováveis; entre outros.

Os interessados podem se inscrever no Mestrado até o dia 18 de novembro e no Doutorado até o dia 19 de novembro. A seleção dos candidatos será feita em três etapas distintas, todas de caráter eliminatório: prova de idiomas, prova dissertativa e entrevista. As provas de idioma e dissertativa serão realizadas no dia 4 de dezembro. Já a etapa de entrevista está prevista para o dia 14 de dezembro. O processo seletivo será totalmente virtual. Os candidatos receberão os links de acesso para cada etapa pelo e-mail cadastrado no momento da inscrição.

Bolsas e convênios

A Dom Helder oferece bolsas de estudos parciais para o curso de Mestrado, mediante a dedicação em atividades acadêmicas. Os benefícios dependem da classificação no processo seletivo e do aproveitamento global obtido durante a graduação, caso o candidato seja egresso da instituição. Há ainda uma categoria voltada para professores e diretores das escolas parceiras do Movimento Ecos. As regras e condições estão detalhadas no edital. Já no Doutorado, há bolsas destinadas aos docentes da Dom Helder. Também existe a possibilidade de desconto para funcionários de entidades conveniadas.

Financiamento

O programa de Pós-Graduação, em parceria com a Intersector – Incentivo à educação e ao empreendedorismo, oferece financiamento do Mestrado parcelado em até 60 vezes e Doutorado em até 72 vezes.

Mestrado

O currículo integral do Mestrado em Direito é estruturado em 36 créditos, distribuídos entre a dissertação, que equivale a 9 créditos, e as disciplinas obrigatórias, básicas e das linhas de pesquisa. Cada disciplina contém três créditos, correspondentes a 45 horas. O discente deve cursar e ser aprovado em duas disciplinas obrigatórias, três básicas, três da linha de pesquisa escolhida e uma da outra linha de pesquisa. O prazo para conclusão do curso é de 24 meses. Confira mais informações:

Edital

Inscrições

Doutorado

O currículo integral do Doutorado em Direito é estruturado em 30 créditos para titulação, sendo 20 créditos em disciplinas, cinco em publicações, dois em seminários, um de qualificação, entre 24 e 36 meses, e dois de defesa de tese, com até 48 meses. Cada disciplina contém três créditos, correspondentes a 45 horas.

As disciplinas exclusivas do Doutorado contêm quatro créditos, correspondentes a 60 horas e são necessárias para a formação. Além disso, é obrigatória a participação em grupos de pesquisa durante todo o curso.

Edital

Inscrições

Revista Veredas do Direito

As temáticas das linhas de pesquisa estão diretamente ligadas à proposta da Revista Veredas do Direito, periódico com Qualis A1 que traz os trabalhos científicos e doutrinários do Programa de Pós-Graduação da Dom Helder, além de estar aberta para publicação de autores de outras instituições.

Mais informações:

Página: Programa de Pós-Graduação em Direito

E-mail: secposgraduacao@domhelder.edu.br

Inscrições abertas para o processo seletivo 1/2022

Prepare-se para o novo mundo, seja protagonista do seu futuro! A Dom Helder Escola de Direito e a EMGE Escola de Engenharia e Computação abriram as inscrições para os processos seletivos do primeiro semestre de 2022. Os interessados já podem se inscrever para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito, Direito Integral e Engenharia Civil.

Nesta campanha, as escolas trazem grandes novidades, como o curso de Arquitetura e Urbanismo, que foi lançado em 2021 e terá sua primeira turma no próximo ano. A estrutura da EMGE foi ampliada para receber os estudantes, com a criação de espaços tecnológicos para atender às necessidades de cada área. Este é o caso do Innovation Lab, que foi equipado com computadores da Apple conhecidos pelo alto desempenho e qualidade.

Outra novidade é a volta do vestibular presencial, no caso do curso de Direito Integral, que terá a prova de múltipla escolha e a redação aplicadas na sede das escolas no dia 13 de novembro, seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19. O processo seletivo ainda tem uma segunda etapa, de entrevistas, que será realizada de forma on-line.

Os demais cursos permanecem com os processos seletivos virtuais: redação on-line e nota do Enem. Aqueles que já concluíram outra graduação ou iniciaram os estudos podem optar também pela obtenção de novo título ou pela transferência. Os editais estão disponíveis nos sites das escolas, bem como os links de inscrição.

Vale ressaltar que a Dom Helder e a EMGE são instituições de excelência, com conceito máximo no MEC e ensino personalizado. Ambas apostam no ensino digital com flexibilidade e fazem parte da Rede Internacional Jesuíta, que há quase 500 anos investe na inovação e tecnologia, e possui mais de 200 instituições internacionais.

Financiamento Estudantil e Bolsas de Estudo

As escolas são parceiras dos principais programas de financiamento estudantil do país, como o Fies, o Pravaler e o Creditar Universitário, que oferecem até 100% de crédito na graduação.

Há também a oportunidade de bolsas de estudos para todo o curso. Para participar, os interessados devem obter no mínimo 50% de aproveitamento no processo seletivo. Os critérios para aprovação avaliam a condição socioeconômica e o desempenho acadêmico do candidato no ensino médio e no vestibular.

Os estudantes também podem optar pelas bolsas de estudos de até 100% do Movimento Ecos. Para participar é necessário se inscrever na redação on-line ou com a nota do Enem, e escolher um dos cursos da Dom Helder ou da EMGE. Entretanto, para manter a bolsa, os alunos devem oferecer contrapartida participando das atividades do projeto.

Professora da Dom Helder participa de congresso do TJMG

A professora Mariza Rios, da Dom Helder, participará como palestrante do I Congresso Internacional de Políticas Autocompositivas do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que será realizado de 30 de novembro a 3 de dezembro. A docente estará presente na primeira mesa de debates com o tema “Desafios da autocomposição nos tribunais”, no dia 1º de dezembro.

Os interessados em apresentar resumos durante a realização dos Grupos de Trabalho podem enviá-los até o dia 10 de outubro para o e-mail congressotjmg@tjmg.jus.br juntamente com o formulário disponível no endereço https://bit.ly/FormularioResumosTJMG. As inscrições para o Congresso começarão no dia 4 de novembro.

Confira a programação:

Estado laico é garantia da liberdade religiosa

Thiago Ventura

Dom Total

Conceito contraditório para alguns, é justamente o estado laico que garante a liberdade para que todos professem sua fé, dispositivo previsto na Constituição Federal. Contudo, a  influência de algumas religiões na política, inclusive na nomeação de um “ministro terrivelmente evangélico” é um afronta à liberdade religiosa, que acaba a afetar sobretudo discriminação a outras crenças.

“Se a Constituição dá garantia à liberdade religiosa, por que temos que nomear um ministro tendo em vista a sua pertença a uma determinada religião? O Direito deve promover o diálogo e mostrar sua força protegendo os que estão vulneráveis pelas injustiças sociais, desigualdades ou por serem membros de diferentes grupos étnicos, religiosos ou culturais”, questiona o Sébastian Kiwonghi Bizawu, doutor em Direito e professor da Dom Helder Escola de Direito.

Inscrições abertas para o Congresso de Direito Ambiental

A Dom Helder e a Comissão de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais (OAB-MG), promoverão, nos dias 7 e 8 de outubro, o Congresso Internacional de Direito Ambiental com a temática “Perspectivas globais para o Desenvolvimento Sustentável nas metas da Agenda ONU 2030  &  II Encontro da Rede Pan-Amazônia”.

Em formato de painéis temáticos virtuais, o Congresso pretende discutir as metas da ONU 2030 para a sustentabilidade e a sua  implementação nos mais diversos empreendimentos que afetem a coesão social, a biodiversidade, o clima, os mares e o patrimônio cultural.

Os interessados em participar podem se inscrever pelo Sympla. A participação valerá 15 horas de atividades complementares na área de Pesquisa para aqueles que assinarem as listas de presença disponibilizadas em pelo menos três painéis.

O evento conta com o apoio da Cátedra UNESCO-IPT de Humanidades e Gestão Cultural Integrada do Território e do Centro de Excelência Europeu Jean Monnet UFMG.

Confira a programação:

07/10 – 9h
ABERTURA SOLENE  
-Pe. Paulo Umberto Stumpf – Reitor da DOM HELDER ESCOLA DE DIREITO.
– Franclim Jorge Sobral de Brito – Reitor da EMGE
– Raimundo Cândido – Presidente da OAB DO ESTADO DE MINAS GERAIS.
– Henrique Mourão – Presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/MG.
– Luís Oosterbeek – Representante do Instituto Politécnico de Tomar-Portugal/Unesco.
– Luís Cláudio Chaves – Presidente da Caixa de Assistência da OAB/MG.

07/10 – 9h15

PALESTRA MAGNA: Paulo Affonso Leme Machado

07/10 – 9h40 às 12h

Painel I: PAN-AMAZÔNIA: A SUSTENTABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E ECONÔMICA DO TERRITÓRIO
Palestrantes:
– Maurício Lopez: Representante da REPAM/Equador.
– Solange Telles: Professora na Universidade Mackenzie/SP.

07/10 – 14h às 17h30
Painel II: UNIÃO EUROPEIA, PROTEÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
Palestrantes:
– Luis Oosterbek: Professor no Instituto Politécnico de Tomar/Portugal.
– Estevão Campelo: Engenheiro de pesca no Estado de Pernambuco.
– Jamile Bergamaschine: Professora da Escola Superior Dom Helder Câmara.

07/10 – 18h30 às 21h30
Painel III: MODIFICAÇÕES CLIMÁTICAS E REUNIÕES DAS PARTES
Palestrantes:
– Fernando Pinheiro Pedro: Secretário Executivo de Mudanças Climáticas do Munícipio de S. Paulo.
– Sebastien Kiwonghi Bizawu: Professor da Dom Helder Escola de Direito.

08/10 – 9h às 11h30
Painel IV: A BIODIVERSIDADE MARINHA PARA ALÉM DA JURISDIÇÃO NACIONAL
Palestrantes:
– Fernanda Millcay – Advogada atuante na área de Direito do Mar. Representou Argentina na Embaixada do Reino Unido.
– André de Paiva Toledo: Professor da Dom Helder Escola de Direito.
– Tarin Mont‘Alverne: Professora da Universidade Federal do Ceará.

08/10 – 14h às 17h30
Painel V: MINERAÇÃO, SUSTENTABILIDADE E LICENCIAMENTO AMBIENTAL
Palestrantes:
– Mário Werneck: Secretário de Meio Ambiente do Município de Belo Horizonte.
– Romeu Thomé: Professor da Dom Helder Escola de Direito
– José Cláudio: Professor da Dom Helder Escola de Direito

Seminário de Direitos Humanos destaca o valor do diálogo

A Dom Helder e a EMGE, em parceria com a Faculdade Jesuíta (FAJE) e o Observatório Social Dom Luciano Mendes de Almeida (OLMA), da Companhia de Jesus, promoverão o Seminário Interdisciplinar em Direitos Humanos nos dias 23 e 24 de setembro. O tema deste ano foi inspirado na Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021 e será “Diálogos para a paz: superação de conflitos, construção de caminhos”.

A atividade tem cunho institucional e foi uma iniciativa do Projeto Transversalidades dos Direitos Humanos das escolas envolvidas. O seminário pretende abordar a importância do diálogo e a complexidade de algumas situações de conflito que podem receber aporte das diversas áreas de conhecimento.

Os interessados em participar podem se inscrever gratuitamente pelo Sympla, onde também está disponível a programação do evento. O certificado de participação será enviado para os inscritos que assistirem a pelo menos 75% do evento e que preencherem as listas de presença disponibilizadas durante a transmissão do seminário no canal da Dom Helder, no YouTube. Cada painel valerá 2 horas de atividades complementares na área de Ensino.

Dúvidas sobre o regime letivo híbrido

DÚVIDAS SOBRE O REGIME LETIVO HÍBRIDO

(REMOTO E PRESENCIAL)

I – INSCRIÇÕES

  1. Caso o aluno, uma vez optante pelo sistema presencial, queira alterar para o sistema remoto, será possível realizar a mudança em período posterior? Quem optar pelo regime presencial poderá assistir aula presencial ou remotamente. Não haverá neste semestre registro de presença. Porém, quem não registrar sua opção pelo regime presencial, se durante este semestre quiser assistir aula presencialmente, deverá solicitar à Secretaria, pois dependerá de vaga.
  2. Teremos mais de um período de inscrição para os alunos optantes do sistema presencial? Encerrado o prazo para opção (04 de setembro), se houver vagas remanescentes, será aberto novo prazo para opção ao presencial.
  3. A inscrição terá como requisito a vacinação dos alunos optantes? Se sim, como irá funcionar a validação da inscrição? Não será necessário que estudantes apresentem comprovação da vacina, pois, tudo indica que até 22 de setembro não haverá vacina disponível para faixas etárias da maioria dos estudantes de Ensino Superior.
  4. Caso haja mais de 20 (vinte) pessoas interessadas e que queiram participar do sistema presencial, haverá revezamento/rodízio de alunos? Se sim, como será realizado? Estudantes do Direito Integral e do 1º ao 4º períodos poderão se inscrever intercalando por semanas. Após o prazo de opção, se houver vagas remanescentes, serão ofertadas também para que já se inscreveu em outras semanas. Os demais estudantes (do 5º ao 10º períodos), a opção é mensal: 1º mês de 22 de setembro a 22 de outubro; segundo mês: 23 de outubro a 23 de novembro.
  5. Caso o aluno optante pelo sistema remoto queira participar do sistema presencial, será possível alterar sua inscrição? Sim, se houver vaga.
  6. Como funcionará propriamente a inscrição? O estudante ao entrar no Portal Acadêmico, haverá espaço para assinalar a opção se quiser presencial. A opção valerá para todas as disciplinas matriculadas.
  7. Caso um aluno que tenha duas disciplinas a serem ministradas no dia, mas apenas consiga inscrição presencial em apenas uma das disciplinas. Como será a resolução do caso deste aluno? Neste caso o estudante pode cancelar a opção pelo presencial ou assistir a aula da disciplina remota nos laboratórios de informática da Escola. Também, se na disciplina houver vaga (por ausência de estudantes), será possível assistir presencial.
  8. A inscrição englobará todas as disciplinas? Sim.
  9. No item b do art.1º da portaria nº001/08/21 diz que ” A opção pelo regime presencial deve ser feita para o primeiro mês (22 de setembro a 22 de outubro) ou para o segundo mês (23 de outubro a 23 de novembro).” Esse “ou” tem um sentido inclusivo, ou seja, o aluno que fizer a opção pelo primeiro mês poderá realizar a inscrição para o segundo mês também? A opção deverá ser feita para o primeiro OU para o segundo mês. Findo o prazo de inscrição, se houver vagas remanescentes, será aberto prazo para inscrição também para o segundo mês. Para estudantes do Direito Integral e estudantes do 1º ao 4º períodos, a opção deverá ser feita por semanas intercaladas (ou semana sim; outra, não).
  10. Quem não optar pelo regime presencial deverá registrar sua opção? Não. Somente devem registrar quem optar pelo regime presencial. Quem não registrar sua opção, supõe-se que irá permanecer no regime letivo remoto.
  11. Na opção do 1º OU 2º mês, a minha sala é menor, acho que não há pessoas suficientes para revezar nesses dois meses. Nesse caso uma pessoa conseguiria se inscrever nos dois meses? Findo o prazo para inscrição, havendo vagas remanescentes no segundo mês, haverá oportunidade para inscrição no regime presencial também para quem se inscreveu no primeiro mês.
  12. Se, em alguma turma tiver mais de 20 inscrito para o presencial, como fica? Segundo o documento autorizativo da Prefeitura de BH, as salas de aula devem garantir ao menos 1 metro de distanciamento entre estudantes. As salas de aula da Dom Helder e EMGE comportariam até 30 estudantes em cada sala. Porém, esta quantidade em sala de aula também deve ser avaliada com relação à quantidade de pessoas que estarão circulando na sede da Escola. Assim, se em alguma turma houver menos de 20 estudantes presenciais, outras turmas poderão ser compensadas com uma quantidade maior que 20 em regime presencial.

II – PRESENÇA

  1. Quanto a presença e lista de chamadas, assim como no antigo sistema presencial, voltará a ser contabilizada no sistema híbrido aos que participar presencialmente? Se sim, como irá funcionar? Não haverá registro de presença até o final deste semestre.
  2. Caso o aluno optante pelo sistema presencial não compareça na aula presencial, mas queira assistir à aula remota, será possível? Assistindo à aula remotamente, contará como presença? Não haverá registro de presença até o final deste semestre.
  3. Quem optar pelo regime presencial poderá, eventualmente, decidir pelo regime remoto? Bastará informar à Secretaria. Porém, quem não optar pelo regime presencial e quiser frequentar as aulas presencialmente deverá solicitar à Secretaria, pois depende de vaga e do fluxo de pessoas na sede da Escola.

III – AULAS: GRAVAÇÕES E DINÂMICA

  1. As aulas, no novo sistema híbrido a ser implementado, continuarão a serem gravadas pelos Professores? Sim.
  2. Caso gravadas, as aulas manterão com o armazenamento temporário limite para download em até 20 dias após a sua gravação? Sim.
  3. Assim como as aulas das disciplinas, as aulas dos Seminários Temáticos também serão gravadas? Sim.
  4. Os alunos que participarem de forma presencial, terão alguma restrição quanto às gravações das aulas? Não.
  5. Como será a interação entre alunos ainda em sistema remoto, e os professores participantes de forma presencial? Por exemplo, como ficará a dinâmica de resolução de dúvidas, se ainda usaremos o software Teams nos moldes do sistema remoto e seus instrumentos de compartilhamento de conteúdo etc.? Tal como tem sido, poderão interagir ao vivo com o Docente durante as aulas.
  6. Será possível fazer somente algumas disciplinas em regime presencial? A opção pelo regime presencial será em todas as disciplinas em que você está matriculado. Contudo, se você eventualmente não quiser ir a todas as aulas presenciais, não haverá problema. Você também poderá assisti-las remotamente.
  7. Quem optar presencial, e não estiver se sentindo seguro poderá alterar para o remoto? Sim.
  8. A sala que não tiver a adesão mínima de 10 alunos para o presencial, quanto a aula, o professor vai fazer a transmissão na faculdade? Todos os docentes darão todas as aulas na sede da Escola. Portanto, mesmo que não tiver nenhum estudante presencial, a aula será dada na sede da Escola, nas datas e horários do calendário acadêmico.

IV – ELEVADORES

  1. Como funcionará o uso dos elevadores e escadas no retorno ao presencial? Teremos limitação específica de usuários transportados, e como seria organizado para facilitar a mobilidade interna na faculdade? Como foi determinado pela Portaria da PBH, será permitido 50% de lotação dos elevadores. Recomenda-se que utilizem as escadarias, sobretudo, na saída. Quanto a utilização dos demais espaços, haverá em cada local especificação de prevenções em cartazes.
  2. Não haverá o problema de aglomeração diante dos elevadores? Serão definidos horários diferenciados de início, intervalor e final das aulas. Contudo, haverá também monitoramento para se manter distância no ingresso e saída. A quem não tiver problema de mobilidade, pede-se que utilizem as escadarias.

V – INGRESSO NA ESCOLA / CANTINA

  1. A entrada na escola vai se dar de qual forma? Será por carteirinha, algo do tipo? No primeiro dia, ao ingressar, haverá registro de biometria (registrar a digital do dedo indicado). O ingresso se dará somente com reconhecimento de biometria. Haverá álcool em gel para higienizar o dedo e toda a mão após a sinalização de biometria. Pede-se para quem não tiver ainda registrado sua impressão digital, no primeiro dia, chegar 30 minutos mais cedo.
  2. Em caso de suspeita/confirmação de infecção (de alguém), já tem algum protocolo quanto a isso? No ingresso haverá aferimento da temperatura corporal. Contudo, se alguém tiver qualquer sintoma relacionado à Covid 19, deverá informar e manter-se em isolamento. Em caso de alguém da Comunidade Acadêmica testar positivo para Covid 19, as atividades acadêmicas presenciais poderão ser suspensas.
  3. A cantina irá funcionar? Haverá também uma cantina na recepção da Escola e horário diferenciado de intervalo das aulas para reduzir o fluxo de pessoas na cantina.

Veja também:

QUER CONHECER A DOM HELDER E A EMGE MAIS DE PERTO?

Estamos de portas abertas pra você!

Agende uma visita Tuor Virtual

© 2021 Escola Superior Dom Helder Câmara - Todos os direitos reservados - By: Renato Ferraz